Páginas

Sobre



Um dia eu comecei a escrever em uma tarde de chuva, com bolinhos de chuva, com cheiro de terra, com som de árvores e com jeito de céu. Eu era bem pequenina do tamanho de um botãozinho de margarida, e as letrinhas eram bem miúdas e borradas. Não parei mais de escrever, de ler, de gostar de histórias, eu deitava na cama com aqueles livros com cheirinho doce, via aquelas ilustrações bonitas e aquelas palavras que pareciam cantar para mim. As histórias se tornaram uma grande companhia, um lugar quentinho para deixar meu coração. Eu sempre gostei daquelas cenas de balanço em árvores, livros na mão, olhar no céu, lugarzinhos bonitos cheio de pequenas coisas bonitas e pequenas magias.
O vento suave que toca o meu rosto me leva para o papel, e nele escrevo e me sinto mais perto do céu, e ficando perto do céu,  temos a impressão de ouvir algumas músicas de harpas, como se tivessem anjos tocando, então, as letras do papel se juntaram com a música do céu, com um passarinho azul e ficou tão doce, que se transformou em uma doce melodia.
Minha doce melodia foi criada em alguns de meus passeios dentro do papel e dentro do céu. O que aqui escrevo tem a essência mágica do que vejo, do que sinto e do que acredito. Espero com isso compartilhar um pouco com a vida e com o mundo das histórias mágicas. 


Um céu bonito para todo mundo que por aqui passar. Um suspiro sempre mágico.


Contato:
gabyrsoncini@gmail.com
gaby.soncini@hotmail.com


Um comentário:

VitorNani disse...

E assim nasceu uma competente escritora de ricas histórias!
Abraços!

VitorNani & Hang Gliding Paradise